Uma vez que pedir empréstimo agora na conta? 5 dicas


Conseguir um empréstimo agora na conta e com juros baixos é o sonho de todo mundo que precisa de quantia. Mas porquê saber o melhor tipo de empréstimo dentre os tantos que existem?

O endividamento da população brasileira aumentou nos últimos anos. De conciliação com um levantamento pela Confederação Vernáculo do Negócio de Bens, Serviços e Turismo, quase 78% da população está com dívidas atrasadas no Brasil. No entanto, em alguns casos, vale a pena solicitar empréstimo, principalmente quando existe um planejamento financeiro e juros baixos em jogo.

Para ajudar a esclarecer algumas dúvidas sobre oriente ponto, fizemos oriente texto. Vamos mostrar alguns fatores importantes de prestar atenção no momento de solicitar um crédito com alguma instituição financeira. 

Aliás, também explicaremos melhor os principais tipos de empréstimo disponíveis no mercado.

O que é um empréstimo?

Um empréstimo é um tipo de transação em que um banco ou outra empresa concede um crédito a você em que esse valor poderá ser pago com juros em diversas parcelas.

Cada tipo de operação tem o seu próprio prazo de pagamento e juros aplicados. Mesmo assim, dependendo do valor e do conciliação feito, você pode demorar até 30 anos para remunerar um empréstimo, principalmente nos casos de crédito imobiliário.

Existe todo tipo de empréstimo. Em alguns casos, você precisa justificar para a empresa qual é a finalidade daquele quantia e porquê ele será investido. Já em outros, basta você mostrar a sua documentação e o banco analisará o seu caso, sem que seja necessário explicar porquê será utilizado esse empréstimo.

A teoria de conseguir um valor superior pode ser bastante interessante, principalmente para pessoas que querem penetrar um negócio ou comprar um apartamento, por exemplo.

Mas sempre se lembre de ter muita atenção com a taxa cobrada, para não findar pagando um valor reprovável e ter dificuldade de quitar a dívida adquirida.

Tipos de empréstimo

Você encontra diversos tipos de empréstimo fornecidos, inclusive, pela mesma empresa. 

Nós vamos explicar agora os principais deles para você identificar qual pode oferecer uma proposta mais interessante a você.

Empréstimo pessoal

Um dos mais conhecidos é o empréstimo pessoal. Praticamente qualquer pessoa pode solicitar esse tipo de crédito, até quem está negativado.

Os valores liberados variam porque o banco vai averiguar o seu pedido e fazer a liberação de conciliação com o seu histórico no mercado porquê bom pagador.

Nesse tipo de empréstimo, as taxas de juros cobradas costumam ser mais altas do que as outras opções, porque não existe nenhum tipo de indicativo para o banco de que você realmente irá remunerar a dívida adquirida.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma das formas mais fáceis de conseguir crédito, finalmente, os valores das parcelas são descontados direto do salário ou do favor do requerente.

Em universal, esta modalidade garante taxas de juros menores e também facilita a vida das pessoas que possuem nome sujo na rossio.

Empréstimo com garantia

Já o empréstimo com garantia é um dos mais interessantes e de menores taxas do mercado. 

Nesse caso, você deixa qualquer muito porquê garantia de que irá quitar a dívida. Geralmente, entra um veículo ou um imóvel na negociação, porém, existe até empréstimo com garantia de celular.

Cada instituição financeira tem a sua própria regra. Mesmo assim, geralmente, se você fica três meses sem remunerar as parcelas do empréstimo, pode perder o muito que ficou porquê garantia na negociação.

Isso diminui bastante os riscos que o banco corre. Por isso, ele pode oferecer melhores condições de pagamento, porquê taxas baixas e maiores prazos. 

O empréstimo com garantia de veículo, por exemplo, é muito geral já que grande segmento dos brasileiros tem sege e costuma oferecer maior valor de saque.

Refinanciamento

O refinanciamento ocorre quando você substitui uma dívida por outra, mas tudo com a mesma instituição financeira.

Na maioria dos casos, isso ocorre com refinanciamento de imóveis ou veículos.

Se você comprou a sua vivenda através de um financiamento, por exemplo, e ainda tem aquela dívida ativa, pode negociar com o banco uma novidade proposta, mesmo se você precisar de mais quantia.

Nesse caso, as dívidas se somam e passa a valer o novo conciliação feito, com outras taxas e prazos combinados. 

FGTS

Alguns bancos também contam com a opção de usar o saque antecipado de natalício. Você usa o FGTS porquê empréstimo e paga conforme as novas parcelas vão caindo na sua conta. 

Cuidados quando pedir o empréstimo

Agora que você já pode averiguar qual é o melhor tipo de empréstimo para você, conheça alguns cuidados que nós recomendamos ter para estar seguro de que fará uma boa negociação.

1 – Será que você realmente precisa desse empréstimo?

Primeiramente, analise se você realmente precisa daquele crédito. Ou seja, pense na finalidade de conseguir aquele valor e se vale a pena se endividar por isso.

Nesse momento, também pense sobre as suas finanças e se você realmente conseguirá remunerar as parcelas da dívida. 

2 – Pesquise a empresa

Em segundo lugar, pesquise sobre a empresa antes de fechar negócio com ela, mesmo que seja um banco famoso e tradicional do Brasil.

Na Juros Baixos, você encontra bastante informação de qualidade sobre as instituições financeiras e sobre a forma porquê elas lidam com problemas existentes nos empréstimos, inclusive com dados do site Reclame Cá.

E também pesquise bastante para ter a certeza de que o banco com o qual está negociando é o melhor. Muitos deles oferecem propostas para pessoas que não são correntistas.

3 – Leia o contrato, até as letras minúsculas.

Isso pode parecer óbvio, mas é muito importante ler todas as cláusulas do contrato.

Aquelas famosas letras minúsculas podem sustar informações importantes que você não pode deixar de ter conhecimento, porquê qualquer tipo de taxa extra.

Por isso, tenha muita atenção nesse momento, mesmo que você precise invocar outras pessoas para ajudarem você a entender o contrato por completo.

4 – Entenda todos os juros e os calcule com antecedência

Se você não entende recta porquê funcionam os juros ou o montante totalidade que você precisará remunerar por mês, se informe sobre esse fator antes de fechar qualquer negociação.

Muitas pessoas acreditam que conseguem remunerar as parcelas pensando no montante outorgado. Porém, o valor a ser pago é maior porque entram os juros cobrados e outras taxas que podem estar envolvida.

Diante dessa veras, é principal fazer as contas e saber exatamente a quantia que precisará ser paga ao mês para você averiguar se conseguirá arcar com esse montante ou acabará se endividando.

5 – Zelo com golpes

Por término, tenha muito zelo com golpes, cada vez mais sofisticados no Brasil.

Se você pesquisar muito sobre a empresa, provavelmente já estará prestes para isso.

Mesmo assim, muitas pessoas fingem ser de alguma empresa específica oferecendo empréstimos.

Por isso, tenha atenção com ligações ou e-mails recebidos, mesmo que pareçam muito reais.

Ligue para a empresa se precisar de um empréstimo agora na conta, ou você pode ir até pessoalmente fazer uma negociação.

Antes de pedir crédito, é muito importante se planejar. Portanto, veja o vídeo do meio Serasa Ensina.


Veja o Treta dos Famosos e fique atualizado de notícias dos famosos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
1