Quando o INSS começa a remunerar a Revisão da Vida Toda?

Depois decisão do STF a maior incerteza dos segurados é: Quando o INSS começa a remunerar a Revisão da Vida Toda? 

Entenda através deste post uma vez que está o processo de revisão e qual é a expectativa de pagamento aos aposentados que já possuem processo judicial nesse tópico.

Caiu de paraquedas nesse post e nunca ouviu falar da Revisão da Vida Toda? Clicando cá você confere o guia completo que criamos para você entender tudo sobre o tópico.

Quem tem recta à Revisão da Vida Toda?

A revisão da vida toda diz saudação à mudança que houve no PBC – Período base de tributo.

Período fundamental de conta é o espaço de tempo dentro do qual encontramos as contribuições do segurado que serão utilizadas pelo INSS para encontrar o valor do favor previdenciário.

Depois 29/11/1999 o critério para averiguar o PBC mudou passando a tomar uma vez que base unicamente os salários de tributo a partir de de julho de 1994.

Na prática, isso significa que se você tem 10 anos de tributo a partir de julho de 1994 e todo o restante antes dessa data, o INSS, para calcular sua aposentadoria, vai usar somente o valor dos salários que você teve depois julho de 1994.

Para muitas pessoas isso foi um prejuízo, pois se os seus melhores salários foram anteriores à julho de 1994 isso não ia refletir na aposentadoria.

A partir daí surgiu uma enxurrada de pedidos de revisão perante o INSS e ações na justiça pedindo que o INSS ao fazer o conta da aposentadoria considere não somente os períodos posteriores à julho de 1994, mas também os anteriores.

Depois de muitos anos em guerra judicial, o tópico chegou ao STF e tivemos uma confirmação: A REVISÃO DA VIDA TODA É DEVIDA! 

Ou seja, as pessoas que perderam numerário com levante conta injusto podem requerer esse reparo e o INSS será obrigado a refazer os cálculos da sua aposentadoria.

A revisão da vida toda não é para todos os aposentados, por isso vamos listar alguns requisitos para que você possa identificar se você é uma dessas pessoas.

  • Aposentados do INSS que fizeram contribuições anteriores à 07/1994 e se aposentaram depois 29/11/1999;
  • Aposentados cujas contribuições maiores ocorreram antes de 07/1994;
  • Aposentados com poucas contribuições depois 1994; 

O intuito da revisão é recalcular a aposentadoria para aumentar o favor do INSS dos aposentados.

O conta da revisão vai incluir os períodos em que você trabalhou antes de julho de 1994 na sua aposentadoria.

Lembrando que essas são algumas dicas, mas a avaliação verdadeira deve ser feita por um Jurisconsulto Previdenciário que poderá calcular com experiência e conhecimento todos os seus direitos.

Quando o INSS começa a remunerar a Revisão da Vida Toda?

A Revisão da Vida Toda, depois votação, foi aprovada no STF. Depois dessa notícia, muitos aposentados se perguntam quando vão estrear a receber o valor dessas correções.

A questão é que depois essa decisão, o governo iniciou uma abordagem para negociar o prazo de pagamento dessa dívida, assim uma vez que ocorreu em outras revisões.

A exemplo da revisão do teto e da revisão do cláusula 29, o interesse do INSS é lucrar prazo para efetuar o pagamento das dívidas.

No momento, ainda não há zero definido, ou seja, infelizmente os aposentados precisam esperar novidades sobre o tópico a termo de confirmar uma vez que funcionará o pagamento desse débito, seja de forma administrativa ou judicial.

Vale lembrar que o botão de “Revisão da Vida Toda” previsto no aplicativo do MEU INSS e portal de mesmo nome, é um meio inútil. Dizemos isto pois a autonomia não está preparada para processar essas solicitações administrativamente e já reconhecem a público que a medida não está ”valendo”, ou seja, o emérito ainda precisa transfixar um processo judicial para prometer a decisão de revisão e esperar o que será definido sobre a forma de pagamento.

O conforto que temos nesse momento é a decisão em prol do emérito, ou seja, já está manifesto que o pagamento será feito, a expectativa é sobre uma vez que e quando será feito.

Por se tratar de verba nutrir esperamos que o governo ligeiro isso em consideração e não traga mais prejuízos aos aposentados que há tantos anos aguardam por justiça.

Terminou a leitura desse post e não sabe o que fazer?

Lembramos que a Revisão da Vida Toda é um tópico sério e para evitar prejuízos o emérito precisa buscar o escora de um Jurisconsulto Previdenciário para realizar os cálculos antes de tomar qualquer providência.

Temos mais de 40 anos de experiência em Benefícios junto ao INSS e se você está nessa situação, conte com a nossa expertise.

Nos especializamos em atender digitalmente todos os segurados do INSS, residentes no Brasil ou no exterior e você pode entrar em contato clicando cá. Através da nossa plataforma do dedo, garantimos rapidez na desenlace de aposentadorias, auxílio-doença e revisionais.

Veja o Treta dos Famosos e fique atualizado de notícias dos famosos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima