Nome sujo: Saiba as consequências do seu nome parar no Serasa

logo-contmatic-news-blog

Não é tão difícil ver alguém com o nome “sujo na praça” como se costuma dizer. O fato é que em um país onde ocorrem problemas financeiros a todo momento, as pessoas às vezes se endividam por necessidade e às vezes por descuido.

Ter o nome incluído na lista de maus pagadores pode gerar consequências na vida financeira e bastante constrangimento.

Ser um “negativado”, como é chamada a pessoa que está com o nome no Serasa, gera várias restrições e estas podem ser por várias razões.

Uma delas é o impedimento a um financiamento ou a obtenção de um cartão de crédito.

Nos acompanhe nesta leitura que vamos explicar as consequências.

O que é o Serasa e como funciona?

O Serasa é um banco de dados de maus pagadores que existe desde 1968, quando foi criado por meio de uma parceria entre a Associação de Bancos do Estado de São Paulo e a Federação Brasileira das Associações de Bancos.

Uma vez que o consumidor não paga uma dívida no prazo determinado seu número de CPF é incluído na lista do Serasa pelo credor.

Como informamos no início deste texto, com o nome “sujo”, o devedor terá maior dificuldade em conseguir crédito, uma vez que a maioria das empresas consulta esses bancos de dados antes de liberar algum crédito para os consumidores.

O nome do consumidor só poderá constar na lista do Serasa por até cinco anos. Depois é preciso que seja retirado. Contudo, isso não significa que a dívida prescreveu.

O credor ainda pode cobrar através de correspondências ou telefonemas.

Consequências da negativação do nome

Além de não poder solicitar financiamentos, ter o nome negativado traz outras consequências desagradáveis.

empréstimo negativados

Não poder solicitar cartões de crédito, abrir contas em banco, solicitar empréstimos, fazer compras com carnês em lojas, emitir talões de cheques e até mesmo alugar um imóvel, uma vez que todas estas empresas realizam uma consulta antes de fechar um negócio.

A seguir, vamos falar mais especificamente de três situações:

Dificuldades em obter crédito:

Talvez essa seja a pior consequência em ficar com o nome sujo.

A dificuldade em ter o crédito aprovado inclui aquele crediário na sua loja preferida ser negado, ter o cartão de crédito que você pediu recusado, não ter acesso a talões de cheque, abrir contas, além de prejudicar muito a aprovação de financiamentos e empréstimos junto aos bancos.

Compra ou locação de um imóvel:

Ter o CPF negativado também traz prejuízos na hora da compra ou da locação de um imóvel. O motivo é simples.

As imobiliárias fazem uma consulta prévia da ficha do cliente antes de fechar qualquer negócio. Havendo restrições no nome, a negociação não se conclui.

Financiamento de um veículo:

A aquisição do tão sonhado veículo também pode cair por terra se o nome estiver sujo. Ainda mais se a compra for financiada.

Isso porque também é feita uma análise prévia junto às instituições financeiras e o crédito com certeza será negado se o nome estiver no Serasa.

Por: Ana Luzia Rodrigues

Veja o Treta dos Famosos e fique atualizado de notícias dos famosos

Fonte do Artigo

Post anterior

Aposentadoria: Saiba como funciona a aposentadoria rural?

Próximo post

Entrega DCTFWeb que iniciaria em julho foi prorrogada

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *