BENEFÍCIO NEGADO: Uma vez que Recorrer? – Aposentadoria do Inss

BENEFÍCIO NEGADO: Uma vez que Recorrer? Saiba o que fazer caso INSS negue o seu mercê.

Por que o INSS nega os benefícios?

Um dos motivos mais comuns para a negativa de benefícios é a falta de documento.

Os documentos são imprescindíveis para que o INSS entenda se você realmente tem recta ao mercê.

Por isso, antes de entrar com qualquer solicitação, verifique com atenção se você tem todos os documentos solicitados pelo INSS.

Acesse a página de serviços do INSS, clicando cá, você conseguirá escolher o mercê que deseja e identificar os documentos que o INSS exige.

Outrossim, cá no blog já escrevemos sobre diversos benefícios do INSS, caso precise de ajuda, pode conferir os nossos posts.

Caso precise de orientação, busque o base de um Legisperito Previdenciário para averiguar a sua situação em pessoal a verificar quais são os seus direitos e uma vez que garanti-los.

Vamos resolver sua situação junto ao Inss?

BENEFÍCIO NEGADO: Uma vez que Recorrer?

Um ponto importante que precisamos esclarecer é que quando o INSS nega um mercê, nem sempre essa decisão é justa.

Por isso, o próprio INSS mantém um sistema para que o segurado possa pedir a reavaliação dessa decisão.

Ou seja, o recurso administrativo do INSS zero mais é do que um pedido de reconsideração da decisão que negou o seu mercê.

  • Quem pode entrar com esse recurso?

Todo segurado do INSS pode entrar com esse recurso.

No caso de falecimento do segurado, o dependente também pode fazer o pedido.

  • Qual é o prazo para recorrer no INSS?

O prazo para entrar com esse recurso é de 30 dias depois a informação da decisão.

Portanto, a partir do momento em que você receber a epístola do INSS informando que o seu pedido foi recusado começa a racontar esse prazo de 30 dias.

  • BENEFÍCIO NEGADO: Uma vez que Recorrer?

É provável recorrer através de petição ou formulário. 

A petição é o documento elaborado, geralmente, pelo jurisperito. Já os segurados que entrarem com recurso sem jurisperito podem fazê-lo através do preenchimento do formulário.

Leste formulário está disponível clicando cá.

No tópico “RAZÕES DO RECURSO” previsto no formulário, é onde você escreverá os motivos pelos quais o INSS negou indevidamente seu mercê.

Por se tratar de um ponto mais técnico, muitas pessoas solicitam base de um jurisperito previdenciário para produzir as razões do recurso.

Posteriormente preenchido o formulário o protocolo pode ser feito através do MEU INSS, ou na sucursal. Para entregar o recurso na sucursal é preciso antes agendar esse serviço pelo telefone 135.

Para escoltar o recurso o contato será o mesmo, ou seja, através do MEU INSS ou pelo telefone nº 135.

Vamos resolver sua situação junto ao Inss?

Compensa entrar com o recurso?

Se o segurado faz jus ao mercê, ou seja, se ele realmente tem recta ao mercê, é importante entrar com o recurso.

Quando você recebe a epístola do INSS informando sobre a negativa do mercê, lá também constam os motivos. Se você identificou que aquele motivo não condiz com a verdade dos fatos é provável recorrer.

Caso você tenha estimado a correspondência e não entendeu o texto informado pelo INSS, busque o base de um jurisperito previdenciário para fazer essa estudo para você.

Demais, se o INSS negar o seu recurso, dependendo da situação é provável ingressar com um processo judicial e pedir que a justiça avalie as provas que você apresentou e os seus direitos.

Uma vez que mencionamos, o jurisperito previdenciário pode fazer essa avaliação do seu caso concreto com mais precisão e ordenar quais medidas podem ser adotadas no seu caso concreto.

Vamos resolver sua situação junto ao Inss?

Veja o Treta dos Famosos e fique atualizado de notícias dos famosos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima