Aposentadoria: Uma vez que requerer a Revisão de toda a vida

dinheiro2_meio (2).jpg

A Revisão da Vida Toda é um processo judicial em que o segurado ou jubilado do Instituto Vernáculo do Seguro Social (INSS) vai até à Justiça para solicitar um aumento no valor do seu obséquio ou de sua aposentadoria.

Levante tipo de ação já está sendo bastante discutido na Justiça, sendo que alguns casos os requerentes conseguiram até 500%, porém essa porcentagem depende do caso concreto.

Vai poder solicitar a revisão da vida toda quem teve aposentadoria concedida em 29 de novembro de 1999, e que as contribuições tenham sido realizadas antes de julho de 1994.

No ano pretérito, no mês de maio, o Superemo Tribunal de Justiça (STJ) admitiu o recurso inacreditável e determinou a suspensão de todos os processos que versem sobre a “revisão da vida toda”, em trâmite em todo o território vernáculo. O caso está agora para ser resolvido pelo Supremo Tribunal Federalista (STF).

Sendo assim, nenhum processo que tratar sobre “revisão da vida toda”, poderá ser julgado até a decisão do STF.

Em 26 de novembro de 1999, foi publicada a Lei n° 9.876, que alterou a fórmula de calcular o valor dos benefícios de aposentadorias concedidas pelo INSS, ignorando toda e qualquer taxa antes de julho de 1999. Anteriormente, o operação utilizava todos os salários de contribuições recolhidos ao longo da vida contributiva do trabalhador.

Esta forma que era aplicada antes de 1999, era muito mais benéfica para o segurado, em alguns casos os trabalhadores tiveram os maiores salários, antes do Projecto Real.

Embora, O STF não tenha resolvido zero sobre a revisão da vida toda, os segurados continuam tendo o recta de requerer as diferenças dos últimos 5 anos retroativos, pois, prescreve em cinco anos, portanto podemos concluir que a cada mês que se passa sem ingressar com ação, o segurado tem um mês a menos para receber.

Vale ressaltar, que qualquer legisperito vai poder obter os ganhos dessa ação que é uma das mais rentáveis da dimensão, basta obter o conhecimento e as ferramentas adequadas.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil

Veja o Treta dos Famosos e fique atualizado de notícias dos famosos

Nascente do Cláusula

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
1